Diretoria do SINPOL/AC se reúne com senadora Mailza Gomes

0

Cristina Caetano

A diretoria do SINPOL/AC, acompanhada do presidente da Fepolnorte, Itamir Lima, esteve reunida com a Senadora Mailza Gomes.

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Acre (SINPOL/AC), acompanhada do presidente da Federação Interestadual dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Norte (Fepolnorte), Itamir Lima, esteve reunida no final da tarde desta quarta-feira (2) com a Senadora Mailza Gomes. Na reunião, ocorrida no gabinete da senadora, os representantes dos policiais civis do Acre apresentaram as demandas locais e nacionais da categoria.
“A reunião com a senadora Mailza, que foi articulada pela nossa 1ª secretaria Francineide Arruda, é uma demanda prevista na proposta de campanha eleitoral de nossa chapa, visando trabalhar a articulação política ao apresentar pautas importantes da nossa categoria para representantes políticos”, disse presidente do SINPOL/AC, Alexandre Oliveira.
Dentre as pautas tratadas na reunião, estão a reforma administrativa, a possibilidade de mudanças previdenciária que equilibrem a previdência entre policiais civis e militares, projetos financeiros ao que se refere a emendas parlamentares que possam beneficiar a Polícia Civil, além das demandas locais de estrutura física, de quadro funcional e condições dignas de trabalho para os policiais civis.
Ainda na oportunidade, a diretoria do SINPOL/AC, avaliando o atual cenário enfrentado mundialmente com a pandemia do Coronavírus (COVID-19), apresentou à senadora a necessidade da inclusão dos profissionais de segurança pública na lista prioritária de acesso a vacina.
“A vacina ainda está em fase de teste, e não há uma previsão precisa de quando será liberada, mas queremos garantir que os policiais civis, assim como outros agentes da segurança pública, tenham acesso prioritário a vacina, juntamente como os profissionais da área da saúde. Nossa categoria não parou nesse período de pandemia, os policiais civis estão diariamente expostos ao risco de contaminação enquanto trabalham para garantir a segurança da sociedade ”, ressalta Alexandre Oliveira.

Compartilhe.

Comentários estão desativados.